5ª Conferência Municipal de Saúde de Tabocas

Publicado em: 25/04/2019 20:25:17

A Prefeitura de Tabocas, através da Secretaria Municipal de Saúde realizou no dia 03 de abril de 2019, a 5ª Conferência Municipal de Saúde.

A conferencia foi realizada no centro comunitário padre Luis Lintner, com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS ” e  reuniu segmentos representativos da sociedade, para debater a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação da política de saúde.

Estiveram presentes o secretario de administração Benvindo Modesto representando o Prefeito Municipal, a Vice Prefeita do Município Gisele Gleiser, o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores Valdemir Almeida e os vereadores: Adelson, Agilson, Eliete e Milton, além da Secretária Municipal de Saúde Benivalda Sampaio, demais secretários municipais, dentre outras autoridades.

Quem primeiro falou na abertura da conferência, foi o secretário municipal de administração Benvindo Modesto. Ele destacou a importância das discussões realizadas durante o evento “através de ações como esta é que podemos ter um sistema de saúde que garanta a todos nós o direito à saúde de forma integrada”. Disse Benvindo.

Também falou sobre o compromisso do gestor público com as mudanças no sistema de saúde. “este evento é um momento importante, onde o gestor mobiliza e estabelece diálogos com a sociedade civil organizada e a população acerca do direito à saúde e em defesa do SUS além de analisar as prioridades locais de saúde”.  Completou o secretário.

A Secretária de Saúde Benivalda Sampaio agradeceu a oportunidade de acumular experiências e falou também sobre parcerias. “juntamente com os profissionais de saúde e com a parceria dos nossos conselheiros e também como o apoio decisivo do nosso prefeito Humberto (Beto), e dos colegas secretários estamos tendo a possibilidade de construir uma condição de vida e saúde melhor para o nosso povo. uma missão extremamente difícil”. Completou Benivalda.

A Secretária também falou sobre os objetivos da conferência. “neste momento estamos garantindo uma das diretrizes do SUS, a participação e o controle social, para que de forma inequívoca possamos dar transparência e dialogar com a sociedade e demais segmentos representados a fim de dar continuidade ao processo de construção das políticas públicas de saúde”. Completou.

Em seguida houve palestras, formação de grupos de onde  foram construídas propostas que depois foram apresentadas a todos os presentes na plenária . Essas propostas estarão num relatório final que subsidiará o plano de ação do município e também será encaminhado para o conselho estadual de saúde e serão debatidas na conferência estadual.

O controle social na saúde, amparado na lei 8142/1990, é exercido por meio dos conselhos de saúde e pelas conferências nas três esferas da gestão governamental. As proposições das conferências retratam questões substanciais que devem servir de pauta para a expressão das necessidades e demandas, e definição de prioridades.